CMP PEDE AUDIÊNCIA URGENTE COM O EXECUTIVO

Na tarde de sexta-feira (18), os diretores colegiados Eduardo Albuquerque e Geniane Dutra encaminharam ofício para a Administração Municipal à pedido de uma agenda urgente para tratar de dois assuntos: Hora Atividade e promoções da Educação Infantil.
🕐 Hora atividade
Nos últimos tempos temos recebido diversas reclamações e pedidos de ajuda no que diz respeito a carga horário dos professores neste período de trabalho híbrido. Os relatos deixam claro que a demanda de trabalho imposta pela Prefeitura Municipal já extrapolou o limite da razoabilidade e da legalidade. Alguns relatos são acompanhados de documentos, onde fica claro que a Hora Atividade no município, em muitos casos, não está mais sendo cumprida.
🎒 Promoções da Educação Infantil
Essa é uma dívida histórica deixada pela a administração Luciano Azevedo e que tem trazido prejuízos para educadores da Educação Infantil. Nossos colegas são cobrados a exaustão pela Secretaria e, ao mesmo tempo, não são atendidos na sua reivindicação. Essa situação não pode mais perdurar. Por isso, nossa solicitação diz respeito a como a administração vai nos pagar.
O professor municipal é um profissional qualificado, dedicado e cumpridor de seus deveres, nossa história enquanto magistério mostra isso. Não temos receio do trabalho. Entretanto, ele tem que se dar dentro do que é razoável e aceitável, dentro do que é legal. Por conta do trabalho, nossos professores não tem mais noites livres, nem finais de semanas, nem feriados.
Não vamos mais aceitar o regime imposto pela atual administração, onde a mesma é célere e eficaz nas suas cobranças, mas quando se trata de cumprir sua parte, se mostra negligente e reticente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

1 × 1 =

Deixe sua mensagem que entraremos em contato com você o mais breve possível.

WHATSAPP