Professores municipais rejeitam primeira proposta de reajuste salarial do executivo

Valorização já! Em assembleia do CMP Sindicato, na tarde desta segunda-feira (18), cerca de 300 professores da rede municipal estiveram mobilizados em frente à prefeitura, onde foi recusada a proposta do executivo de 4,5% de dissídio salarial e 6% reajuste no vale-alimentação.

O CMP e todo o magistério buscam, para 2024, uma proposta que realmente recupere os prejuízos acumulados ao longo dos últimos anos. Na próxima quinta-feira (21) está agendada mais uma rodada de negociações do dissídio com o executivo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

oito − um =

Deixe sua mensagem que entraremos em contato com você o mais breve possível.

WHATSAPP