Comunicado

Prezadas colegas e prezados colegas.

Neste momento de retorno às atividades, quando muitas questões vêm à tona e nem todas tem uma solução imediata, é muito importante que o sindicato venha a público trazer considerações que possam ajudar a todas as colegas neste momento tão delicado.

O município, nas semanas que passaram, iniciou um processo de formação dos professores com a pretensão de retomar gradualmente as aulas não presenciais com nas escolas da rede.

O processo de ensino a distância, seja ele de forma virtual, através de plataformas ou pelo envio de atividades para alunos que não têm acesso à internet é um processo bem mais complexo do que parece e enseja uma série de cuidados de caráter pedagógico, mas também de precauções de ordem funcional.

Todo esse sistema é novo, e muita coisa passará por ajustes no curso do tempo, situação que nos força a ficar vigilantes e estar sempre em contato com a categoria para ajudar na construção e execução das atividades laborais dentro desse novo cenário.

É importante que o docente que tenha vínculo de trabalho no turno inverso, seja como professor do Estado do Rio Grande do Sul ou da iniciativa privada, bem como aqueles professores que retomaram seus compromissos acadêmicos com as instituições de ensino, busquem registrar junto à Secretaria Municipal de Educação e com sua Diretora tal limitação. Desse modo, respeitando o horário de trabalho de cada profissional, evitam-se o surgimento de problemas que possam surgir com a sistemática do trabalho remoto.

Outro ponto importante é exigir o respeito às atribuições de cada profissional dentro da rede de ensino. Assim, nenhum professor ou gestor deve executar trabalhos estranhos às suas atribuições, haja vista que, para as atividades relacionadas à limpeza, à manutenção e à higienização das escolas, existem profissionais contratados exclusivamente para tais atividades.

No que se refere aos regimes especiais, a entidade sindical está buscando a posição oficial da Administração o mais breve possível, e, assim que obtiver retorno, trará a público as novidades desse tema de extrema relevância para a categoria.

Caso alguma professora ou professor se sinta, de alguma forma, pressionado a cumprir com determinações estranhas ao determinado por lei, pode imediatamente contatar o sindicato, através do nosso aplicativo que está disponível nas lojas virtuais google store e apple store. Lá você pode fazer a sua denúncia ou, ainda, entrar em contato com o departamento jurídico do sindicato que estará a disposição para elucidar qualquer questão de cunho legal.

Conte com o CMP SINDICATO, pois estaremos sempre juntos, com o objetivo de servir e proteger os direitos dos nossos associados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

3 + 1 =

Deixe sua mensagem que entraremos em contato com você o mais breve possível.

WHATSAPP