Carta Aberta ao Prefeito Municipal de Passo Fundo

Nós, professores e professoras do município de Passo Fundo, manifestamos através desta, nosso repúdio à decisão unilateral e desrespeitosa da administração municipal em não fazer a liberação e o pagamento dos regimes especiais das equipes diretivas e das salas de recurso.

Os(as) vice diretores(as), coordenadores(as), orientadores(as) e os professores(as) da sala de recurso devem receber imediatamente suas remunerações pelos serviços prestados, considerando que sem estes profissionais as escolas não teriam iniciado seu ano letivo, prejudicando toda a comunidade passo-fundense. Ainda, destacamos que é de total responsabilidade do prefeito municipal Luciano Azevedo e do Secretário de Educação Edemilson Brandão, a falta de respeito a estes profissionais, à comunidade escolar e ao compromisso com Educação de qualidade, demonstrando total descaso com a educação pública do município.

Portanto, solicitamos ao prefeito e ao secretário de Educação agilidade no encaminhamento da portaria e o pagamento retroativo a 13 de fevereiro, uma vez que, estes profissionais estavam cumprindo, além de sua jornada que foram concursados, as outras 20h de regime, pratica comum no ensino municipal no início do ano letivo e sem a qual, a rotina escolar estaria inviabilizada.

CMP – SINDICATO DOS PROFESSORES      MUNICIPAIS DE PASSO FUNDO

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

7 + quinze =

Deixe sua mensagem que entraremos em contato com você o mais breve possível.

WHATSAPP