Governo adia posse do novo ministro da Educação, Carlos Alberto Decotelli

A posse do novo ministro da Educação, Carlos Alberto Decotelli, inicialmente prevista para esta terça-feira (30), foi adiada pelo governo. Não foi marcada uma nova data.

O blog conversou com ministros, que confirmaram a informação, publicada inicialmente pelo jornalista Lauro Jardim, do jornal “O Globo”.

De acordo com esses ministros, o governo decidiu fazer uma “checagem completa” do currículo de Decotelli.

Na semana passada, o reitor da Universidade Nacional de Rosário, na Argentina, Franco Bartolacci desmentiu o currículo de Decotelli. No documento, disponível na plataforma Lattes, constava que o novo ministro tinha diploma de doutor pela instituição. O reitor negou.

À TV Globo, Bartolacci disse que o novo ministro até iniciou o doutorado na universidade argentina, mas não concluiu o curso.

Depois da declaração do reitor, Decotelli alterou o currículo. Originalmente constava a informação de doutorado na Universidade Nacional de Rosário concluído em 2009, com a tese “Gestão de Riscos na Modelagem dos Preços da Soja”, sob orientação de Antonio de Araujo Freitas Jr.

Na sexta (26), o título da tese e o nome do orientador foram excluídos. O campo “Título” foi preenchido com “Créditos concluídos”. E, no campo “Orientador”, passou a ser listado: “Sem defesa de tese”.

Confira: https://g1.globo.com/politica/blog/valdo-cruz/post/2020/06/29/posse-do-novo-ministro-da-educacao-e-adiada.ghtml?utm_source=facebook&utm_medium=social&utm_campaign=g1&fbclid=IwAR38HiAFJ0vGxaax5i_bnVvy2hx-BdDgiKTNaRp8MmT2bLzLmeJnvmWK-Uo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

1 × cinco =

Deixe sua mensagem que entraremos em contato com você o mais breve possível.

WHATSAPP