CMP Sindicato realiza Pré-Congresso dos professores municipais de Passo Fundo

Professores das escolas de educação infantil e ensino fundamental da cidade foram recebidos na sede do CMP Sindicato.

O CMP Sindicato, entidade representativa dos professores municipais de Passo Fundo, realizou na quarta-feira, 19 de junho, às 18h30min, o Pré-Congresso para o magistério municipal.

O evento contou com a presença de professores filiados das escolas de educação infantil, ensino fundamental e aposentados, que realizaram inscrição prévia para a participação no encontro.

Neste ano, o Congresso dos Professores Municipais chega a 9ª edição, com data marcada para acontecer em 29 de agosto. Mas, antes disso, o CMP realiza essas atividades prévias para introduzir o tema.

Abrindo os trabalhos da noite, Geniane Dutra, dirigente do CMP, salientou que o pré-congresso é uma oportunidade de os colegas discutirem e se inteirarem dos assuntos que serão tratados durante o Congresso dos Professores Municipais. Também destacou o papel do Sindicato e de como vêm sendo tratadas as demandas com as escolas. Foi exibido um vídeo com um resgate fotográfico das ações de 41 anos do Sindicato junto aos professores, em momentos de manifestos, atividades esportivas e culturais, jogos e encontros diversos.

Reafirmando a luta e a defesa pela educação, também foi apresentado no pré-congresso o “Grito Pela Educação”, movimento do CMP Sindicato que abre espaço para a discussão do descaso com a educação pública por parte dos governantes. Os professores que participaram do evento ganharam a camiseta que foi confeccionada com o tema do movimento.

O debate principal do Pré-Congresso foi marcado pela fala da vereadora e professora de Passo Fundo, Regina Costa Dos Santos. Ela tratou do assunto que em breve será abordado no IX Congresso, “Poder e democracia na educação”. Regina discutiu os desafios da profissão docente, assim como as necessidades e perspectivas do ensino municipal.

Ao término, professoras do Núcleo de Aposentadas do CMP apresentaram um manifesto sobre a situação da aposentadoria e perdas no magistério de Passo Fundo. Enfatizaram questões como a diminuição do salário em comparação ao aumento de gastos na aposentadoria, entre outros prejuízos como a perda da incorporação das gratificações e do vale-alimentação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2 × quatro =

Deixe sua mensagem que entraremos em contato com você o mais breve possível.

WHATSAPP